Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/09/21 às 16h07 - Atualizado em 2/09/21 às 16h08

Reunião debate melhorias no fornecimento de energia para área rural

COMPARTILHAR

 

Foi realizada nesta quinta-feira (02), na Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF), uma reunião para tratar da melhoria do fornecimento de energia elétrica para a área rural do DF. A reunião contou com a presença de produtores rurais, lideranças do setor, representantes do Sistema Agricultura (Seagri e Emater) e representantes da Neoenergia.

 

O objetivo da reunião foi apresentar à concessionária de energia as diversas demandas do setor agropecuário, com o objetivo de melhorar a qualidade do fornecimento aos produtores rurais e moradores do campo. Os produtores alegam falta de manutenção da rede, problemas de furtos de transformadores e cabos e, principalmente, a falta de carga para ligar os equipamentos elétricos e de irrigação, que segundo eles, está causando sérios prejuízos financeiros. “Nós temos dia e horário certo para irrigar. Se eu não tenho energia para utilizar no meu sistema de irrigação, as plantas não se desenvolvem e o prejuízo é certo”, alegam os produtores rurais.

 

Eles também ressaltaram que muitos produtores têm usinas fotovoltaicas em suas propriedades, mas que não conseguem utilizar de forma integrada com a rede, e muito menos receber os créditos pelo fornecimento de energia.

 

O secretário de Agricultura, Candido Teles, explicou aos dirigentes da Neoenergia, que a Seagri tem recebido muitas reclamações e queixas dos produtores rurais, e que isso vem gerando dificuldades no campo, principalmente, para os irrigantes. Ele também fez questão de ressaltar a importância da Neoenergia nesse debate. “Foi uma reunião muito boa e proveitosa e que trouxe os resultados que nós estávamos esperando. Nós vamos acompanhar periodicamente a evolução desse trabalho para que possamos dar tranquilidade aos produtores. Não é razoável imaginar que as indústrias na cidade estejam funcionando e as agroindústrias deixem de funcionar por falta de energia”, afirmou o secretário.

 

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (FAPE-DF), Fernando Cezar Ribeiro, ressaltou que o setor vem discutindo as demandas do agronegócio frente às necessidades de energia no campo e que a FAPE, junto com os produtores, foi a favor da privatização da CEB, prevendo essas melhorias. “Precisamos mostrar as dificuldades que o campo está enfrentando quanto ao fornecimento de energia e as várias ações que a gente está tentando viabilizar a curto e longo prazo, por isso a importância de promover essas reuniões”, ressaltou.

 

O que diz a Neoenergia

 

Segundo João Paulo Rodrigues, diretor Institucional da Neoenergia, a empresa tem mantido um diálogo franco e aberto com todos os órgãos e instituições do DF. Ele ressaltou que será constituído um grupo de trabalho junto aos produtores para mostrar o que está sendo feito para atender o setor e, a partir dessas priorizações e indicações dos produtores e empresários, estabelecer metas e qualificar as atividade da Neoenergia para atender os produtores. “Hoje é mais uma prova disso, nós tivemos a oportunidade de conversar com a Secretaria de Agricultura, com os produtores, com a Federação e receber deles, informações qualificadas que vão nos ajudar no desenvolvimento e execução dos investimentos”, afirmou Rodrigues.

 

Ascom Seagri-DF