Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/03/20 às 20h11 - Atualizado em 26/03/20 às 20h11

Servidores da Defesa Agropecuária do Distrito Federal participam de curso on-line de fiscalização de insumos

COMPARTILHAR

 

De 25 a 27 de março, 36 servidores da Diretoria de Sanidade Agropecuária e Fiscalização da Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri) realizam uma capacitação para fiscalização de insumos agropecuários de uso veterinário.

 

O curso ocorre de forma remota, por meio de ambiente virtual, disponibilizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O palestrante é o auditor fiscal federal da Superintendência Federal de Agricultura da Paraíba (SFA/PB-Mapa), Roberto Carlos de Moura.

 

O objetivo do curso é capacitar os servidores da Seagri para utilização do Sistema Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários (SIPEAGRO), que permite o registro e cadastro de estabelecimentos e produtos agropecuários, o acompanhamento dos processos de fiscalização e a emissão de certificado de estabelecimentos e produtos registrados ou cadastrados. A ferramenta possibilita aos estabelecimentos agropecuários a inserção on-line de toda a documentação para regularização de suas atividades, dispensando o atendimento presencial.

 

Segundo o diretor de Sanidade Agropecuária e Fiscalização, Vinícius Campos, “essa capacitação é essencial para a realização das atividades previstas no Convênio firmado recentemente entre Ministério da Agricultura e Secretaria de Agricultura, que atribui à Defesa Agropecuária da Seagri a responsabilidade pela fiscalização dos insumos de uso veterinário no Distrito Federal. Além disso, é a forma que temos de contribuir com a recomendação de ficarmos em casa nesse momento de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, realizando as atividades possíveis na modalidade de teletrabalho ”.

 

O curso completo, que tem carga horária de 16 horas, aborda também orientações quanto à condução das fiscalizações presenciais nas lojas agropecuárias que comercializam produtos de uso veterinário. “Uma vez que a fiscalização de lojas agropecuárias foi considerada atividade essencial nesse momento, os servidores precisam ser treinados para realizar adequadamente a fiscalização desses estabelecimentos”, complementa Vinícius Campos.

 

“A Defesa Agropecuária continua trabalhando para garantir a saúde da população e a manutenção das atividades econômicas do nosso agronegócio”, ressalta a Subsecretária de Defesa Agropecuária, Danielle Araújo.

 

Confira aqui como fica a oferta de serviços da Defesa Agropecuária do Distrito Federal durante o período de restrições para conter o avanço do novo coronavírus.