Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/19 às 11h13 - Atualizado em 31/10/19 às 11h14

Conseagri realiza 4ª reunião em 2019

COMPARTILHAR

 

Foi realizada nesta quarta-feira (30), no Ministério da Agricultura, em Brasília (DF), reunião do Conselho Nacional dos Secretários de Estado de Agricultura (Conseagri). Durante a reunião, foram debatidos temas como mudanças na geração de energia rural, crédito fundiário, Peste Suína Clássica e SISB e o fortalecimento dos serviços de Defesa Agropecuária nos estados.

 

A reunião contou com a presença da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, que demonstrou preocupação com questões relacionadas à sanidade vegetal e animal, principalmente, os casos de Peste Suína Clássica no Nordeste.

 

Ela ressaltou a importância de fortalecer o serviço de defesa agropecuária nos estados, com o objetivo de manter o Brasil livre de doenças que podem prejudicar a nossa economia, e também, com o intuito de fortalecer as exportações do agronegócio, principalmente para países asiáticos como a China.

 

“Se nós não tivermos sanidade, não adianta. Nós vamos continuar batendo cabeça e deixar espaço para outros. Nós conseguimos finalmente aprovar, no Senado um financiamento para ajudar a defesa sanitária brasileira”, afirmou a ministra.

 

Durante a reunião foi apresentado, aos secretários presentes, o Plano Brasil Livre de Peste Suína Clássica. Foram trazidos detalhes sobre o tema, os encaminhamentos e as ações propostas para lidar com a situação, além dos planos estratégicos que estão sendo implantados pelo Ministério para intervir nos estados onde está ocorrendo doença.

 

Segundo o secretário nacional de Defesa Agropecuária, José Guilherme Leal, será necessário o engajamento total das agências estaduais e do apoio dos secretários de agricultura, para acabar de vez com o problema da peste suína nos estados do Nordeste. “Nós vamos precisar da atenção dos órgãos de defesa para manter a vigilância ativa e transparente. Eu sei das dificuldades de cada estado, principalmente na parte orçamentária, mas para o ano que vem a ministra conseguiu uma emenda na comissão de agricultura e pedimos o apoio de vocês junto às bancadas, para que a gente consiga chegar no final com essa verba para a defesa agropecuária”, ressaltou Leal.

 

A próxima reunião do Conseagri ficou agendada ainda para esse ano, sem data definida.

 

Texto e foto: Ascom Seagri-DF